16 Responses

  1. tercio
    tercio at |

    Olá Rodrigo,
    Gostei do que li no texto dos 8 meses de viagens da Nikki.
    Boa aventura e narrativa em números. Curiosa forma de anotação.
    Sou um cara de métricas e isso agradou. Vou tentar replicar.
    Tb foi uma boa adapção montada para o português.

    Valeu.

    Abç
    Tercio

    Reply
    1. Rodrigo de Souza
      Rodrigo de Souza at |

      Obrigado pelo comentário Tércio. Fico feliz que tenha gostado do artigo. Realmente a Nikki fez um trabalho muito bom. Obrigado pelo suporte.
      Grande abraço!

      Reply
    2. Nikki Elliott
      Nikki Elliott at |

      Obrigada, Tércio!

      A verdade é que foi muito divertido para calcular tudo e escrever este artigo… e alguns números me surpreendeu!

      Por favor, se você replica por uma viagem no futuro, nos avisa! Gostaremos de ver-o.

      Boas viagens e desculpe meu Português… eu ainda estou aprendendo!

      Reply
  2. Ricardo Yudi Hirota
    Ricardo Yudi Hirota at |

    Que grande aventura, heim?
    Aprendendo portugues? Escreve melhor do que eu e muitos outros brasileiros que eu conheço (so releve a falta de acento em algumas palavras minhas.Comprei um notebook onde não sei como acentua, apenas dependo da correção automática sugada dele)

    Entro voce visitou alguns países do oriente, ne.Como são eles? Ha muitos conflitos mesmo como vemos na TV?

    Aquela foto da Baia de Montenegro ficou demais.Deve ter sido ótimo a visão de la.

    E voce anotava tudo num bloquinho de notas? Que sorte que não perdeu ele então rs

    E viajou sozinha, ne, que corajosa.Arrasou!

    Encontrou muitos viajantes pelo caminho?

    Reply
    1. Nikki Elliott
      Nikki Elliott at |

      Oi Ricardo, tudo bem?

      Obrigada pelo comentario. Infelizmente, o meu Português não é tão bom como você acha… eu escrevi este artigo em inglês e o criador do site (Rodrigo, que é brasiliero) o tranduziu ao Português. Pelo menos, eu escrevi este comentario 🙂 e espero que possa escrever tão bom no Português algum dia.

      Então, eu visitei dois países (Israel e Palestina) no oriente medio. É dificil descrever minha experiencia lá em poucos frases. Por o menos, eu posso dizer que embora esses lugares são bem complicados, você não vai morrer, como a mídia te faz acreditar, se você visita. A verdade é que não tivemos ninguma problema lá e que achamos que as pessoas foram alguns dos mais hospitaleiros que já conhecemos. Por estas razãoes, espero que possa voltar algun dia para passar mais tempo lá. Se você quer saber mais sobre este tema (porque eu só escrevo um pouco aqui), por favor me escreve.

      Sim, Montenegro foi um país que eu gostei muito. Bom, a verdade é que eu gostei muito de todos os paises da ex-Yugoslavia (Macedonia, Bosnia e Herzegovina, Croatia, etc.). Você os conheçe?

      Na maoiria dos lugares, eu encontrei outros viajantes, mais em alguns lugares que não tinha muito turismo eu não encontrei quase niguem. A verdade é que eu gosto de viajar sozinha e por isso não me aborrece.

      Bom, aproveita o sua temporada aí em Japão. E qualquer outra pergunta, estamos sempre disponíveis!

      Reply
  3. Ricardo Yudi Hirota
    Ricardo Yudi Hirota at |

    Esta otimo ja, serio.Portugues em si e bem chato pois ha muita regra, apesar da maioria as ignora-las.Eu por exemplo sou um desses hehe.

    Sobre o oriente, realmente a imagem mostrada e de que ha apenas guerra e violência, mas ate a imagem do Brasil e estereotipada, onde todo mundo so acha que ha carnaval e favela aqui.Voce visitou o Rio Jordao? Rio Nilo?(caso tenha ido para o Egito também).

    Acredita que eu nao conheço nenhum? Bem, sei que esses países menores da Europa(Sao países europeus, ne? haha) tem muito a se descobrir, mas conhecer eles…Nao sei de nada sobre eles.Mas um dia quero conhece-los também.Um pais europeu que eu admiro bastante e a Suica e a Holanda.Ja foi? Se sim, o que achou deles?

    Ah, queria ter assunto para conversar com voce sobre viagem, mas não fiz nenhuma =/ Tirando essa do Japao, mas essa esta sendo a trabalho e estudo.Mas ja to elaborando algumas viagens locais aqui.Meu primeiro itinerário, demorei cerca de 3 horas fazendo, mas ficou perfeito.Bem, perfeito na teoria, mas na pratica…Espero que também seja.Pois e frustrante a gente elaborar algo e dar errado, ne?

    Alias, Nikki, sei que estou saindo fora do assunto, mas quando surgiu essa sua vontade de viajar pelo mundo? Faca um “sobre mim” também igual o Rodrigo hehe.Adoro ler historias desse tipo.

    Reply
    1. Nikki Elliott
      Nikki Elliott at |

      Olá uma vez mais… tudo bem?

      Desculpe por ter demorado tanto para responder… eu estava muito ocupada com o trabalho e não tinha tempo 🙁

      Bom, a verdade é que porque eu já falava español não foi muito difícil para aprender Português porque são muito parecidos. Mais realmente foi complicada para aprender as regras a primeira vez.

      Infelizmente, eu não passei muito tempo no Oriente Médio… somente duas semanas em Israel e Palestina. Por isso, eu não visitei nem o Rio Jordão nem o Rio Nilo mais gostaria muito de passar (o morar) mais tempo no Oriente Médio. Por isso, eu estou aprendendo Árabe. Algumas lugares do Oriente Médio podem ter conflitos mais na maioria dos lugares as pessoas são completamente normais e somente querem viver tranquilamente. Como os estereotipas do Brasil, os países tem muito mais para mostrar.

      Eu amo Europa porque foi o primeiro lugar em que viajei. Sim, eu conheço a Suíça e a Holanda… são países muito boas com cultura interessante, arquitetura bonita, e organização. Para mim, algumas dos melhores partes da Europa é que é muito fácil para viajar… todos dos países são bem pequenos e por isso sempre e um viagem de trem o voo curto para visitar um lugar (o pais) diferente.

      E muito legal que você esta viajando por aí…. esta gostando? Bom, a verdade é que o itinerário quase nunca sai perfeito, não importa quanto que você planeja sempre vai mudar um pouco. Por exemplo, agora estamos em Taiwan e ontem chegamos na estação de trem e vimos que todos as passagens para o horário que queríamos estavam compradas. Aí tivemos que tomar outro trem, com uma conexão, demorando mais e saindo mais caro. É frustrante, mas faz parte de se viajar.

      Na verdade, a minha estória é muito diferente da do Rodrigo e bem mais curta. Eu sempre quis viajar desde de criança e comecei a viajar assim que juntei dinheiro suficiente. E venho viajando as poucos desde então.

      Mas sim, em breve eu vou fazer um “sobre mim” como o Rodrigo.

      E você, por que você decidiu ir ao Japão? Qual a sua estória?

      Reply
  4. Suellen
    Suellen at |

    Olá Nikki!

    Gostei muito do seu relato de viagem! Também pretendo fazer uma viagem sozinha à Europa no ano que vem. Serão só duas semanas e 4 países, mas por enquanto é o que meu tempo e dinheiro permitem. Eu tenho uma dúvida e acho que você poderia me responder. Eu vou passar apenas 2 dias em Berlim e gostaria de conhecer alguns pontos turísticos, como o Portão de Brandemburgo, durante a noite. Será que é seguro para sair andando sozinha na área central da cidade? Tem algum conselho para me dar?

    Desde já, agradeço!

    Reply
    1. Rodrigo de Souza
      Rodrigo de Souza at |

      Oi Suellen, obrigado pelo comentário. A Nikki está viajando e vai te responder em até uma semana. 🙂

      Reply
  5. Anônimo
    Anônimo at |

    Mto Bom.
    ja trabalhei e viajei pela Europa sozinho voluntariando por comida e dormida hahah, agora estou planejando ir para Asia.
    ME diga: _ onde vc esta agora?

    Parabéns inspirador sua historia.

    Reply
  6. Manuela Reaes
    Manuela Reaes at |

    Olá, estou a ponto de fazer algo similar. Claro que lerei tudo o que eu puder a respeito, mas seria ótimo poder conversar com alguém. Se possível, entre em contato.
    Obrigada pelo relato!

    Reply
  7. cristienemendonca
    cristienemendonca at |

    Parabéns! Adorei o texto e acho que vou tentar fazer uma lista com esses números também, vou viajar por alguns meses para estudar inglês. Obrigada por compartilhar!

    Reply

Deixe uma resposta

Real Time Web Analytics