Como Preparar a sua Mala ou Mochila para Viagem

É óbvio que isso vai depender muito do seu destino. Frio, calor, montanha, cidade, campo, praia, mais arrumado ou mais largado. Porém, sempre haverá o básico de roupas e acessórios que você precisará, lembrando-se de que tudo que você levar terá que carregar nas costas, então, quanto menos melhor.  É isso aí, em muitas das fotos da sua viagem você vai aparecer usando as mesmas roupas….paciência!! Não dá para levar o guarda roupas inteiro nas costas!!Em geral eu gosto de viajar com uma mochila grande nas costas e uma pequena na frente, na qual ficam os meus pertences mais importantes e valiosos. Sendo assim, ela sempre vai ficar comigo no avião, ônibus, trem, etc. Viagem: Como Preparar a sua Mala ou Mochila Outra opção é viajar só com a mochila grande e levar dentro dela uma sacola-mochila, que é ideal para ser usada durante um dia de passeio. Você pode comprar essas sacolas-mochila como a ao lado na Amazon aqui ou Ebay aqui. Só verifique o vendedor entrega no Brasil. 

Uma vez peguei uma carona na caçamba de uma pick-up na Tailândia e lá tinha um Finlandês mais velho, veterano de mochiladas me dizendo o quanto a Tailândia tinha mudado de uns anos para cá.  Que antigamente só tinha mochileiro “hardcore” e agora estava cheio de Samsonite. Ou seja, ele estava criticando que agora está cheio de “mochileiro” viajando de mala de rodinha. Para dizer a verdade, se você vai viajar pela Europa, só em cidades, uma mala de rodinhas não seria o fim do mundo. Cabem muito mais coisas e ainda tira o peso das costas. Agora, se você vai para Indonésia, viajando entre ilhas em barcos de pesca e vai andar na areia por um bom tempo ou vai fazer trilhas nas montanhas e dormir no mato, uma mochila é essencial!!  

 

Então vamos à lista separada em diferentes partes com justificação: 

 

  • Roupa:

Eu sei que para as mulheres roupas podem ser um mundo completamente à parte do masculino então eu não vou ter nem a audácia de tentar opinar….mas a minha namorada prometeu que fará no futuro, um artigo sobre arrumação da malas para mulheres. Apesar de eu achar que algumas dicas aqui também valem para o público feminino. Eu não sou exatamente um cara preocupado com roupa, então me perdoem se tudo parecer meio básico demais. Para começar a preparar a minha mala, gosto de começar olhando de baixo para cima: 

  1. Um tênis ou bota de trilha para o dia a dia. Como gosto de correr vou sempre de tênis corrida e uso o mesmo também para trilhas, nunca tive problemas. Se você pretende escalar o Aconcágua é melhor uma bota mais apropriada!! Talvez um segundo par se você for para um lugar em que estará sempre molhado e precisa secar o primeiro par. O segundo pode ser um tipo sapa-tênis para poder entrar em alguma balada mais fresca (já ocorreu em San Salvador em El Salvador!!).   
  2. Chinelo também é essencial, principalmente se o local for de praias, porém mesmo que esteja frio é bom ter um par para tomar banho em albergues….já vi alguns chuveiros de albergue em que o piso parecia mais o mapa do inferno e que meu pé ia derreter se eu tocasse naquilo.
  3. Meias e roupas íntimas. Eu gosto de levar MUITA meia e cueca porque, apesar de eu conhecer muita gente que estende a data de lavagem por alguns dias, eu tento na medida do possível trocar esses dois itens todos os dias. Se a viagem é de praia, dá para cortar bem na meia;
  4. Calça. Em geral eu levo uma daquelas de caminhada ou trilha. Um jeans para a noite e se o lugar for mais cidade e uma de moletom se for frio para dormir ou ficar em casa;
  5. Shorts ou bermuda. Se for calor, pode levar o quanto achar necessário dependendo da duração da viagem, lembrando que são fáceis de lavar à mão no chuveiro;
  6. Camiseta ou camisa. Assim como meia e cueca eu tento trocar de camiseta quase todos os dias. Se for um lugar frio e eu nem transpirei dá para reutilizar. A quantidade, uma vez mais, depende de quanto você esteja disposto a carregar nas costas e o tempo de viagem. Camisa eu sempre levo uma ou duas, caso tenha algum lugar para sair à noite que exija;
  7. Blusa ou moletom. No frio, umas 2 ou 3. Mas mesmo no calor, sei lá, Sudeste Asiático, é sempre bom levar uma. Nessas regiões, alguns ônibus têm um ar condicionado super forte. Minha última experiência assim foi na Republica Dominicana. País quente mais quase congelei no busão em uma viagem de 5 horas. Outro motivo porque sempre levo um moletom, principalmente com capuz é que ele vira um bom travesseiro em longas viagens de trem, ônibus, avião etc….. e serve para tapar a claridade do ambiente;
  8. Algum tipo de capa de chuva. É bom em várias situações mas se você está indo para o Sudeste Asiático na época das Monções, esquece, é melhor ter uma capa de chuva que cubra a sua mochila porque você vai ficar molhado de qualquer forma….vale mais usar uma saco de lixo grande com um furo na cabeça;
  9. Casaco de frio. Se você está indo para o Canadá, Escandinávia ou algo assim durante o Inverno de lá, esqueça aquele casaco que você comprou na 25 de Março!! Só vai te servir para prolongar a chegada da hipotermia….mas ela vai chegar. Você até pode enfiar uma monte de camada de roupa e ficar parecendo uma cebola, mas fica desconfortável e é um monte de roupa a mais que você terá que levar. Conclusão, se você for sem roupa adequada a uma região onde a sensação térmica pode chegar à -40 C e não encontrar um abrigo, você morre…ponto!!! Então leve um bom casaco, cachecol, luva, gorro e calça térmica por baixo da calça normal….meia de lã também ajuda;
  10. Na cabeça, gorro para o frio e boné para o calor. Eu sei que tem todo esquema de moda e tem gente que tem 15 bonés e vai querer trocar de boné todo dia na viagem, aí é com você. Do outro lado tem gente que não suporta boné mas lembre-se, para fazer trilha em montanha debaixo de sol forte, um boné é essencial. No frio, dependendo de quão baixa for a temperatura, se a sua cabeça estiver descoberta você pode quebrar a orelha, literalmente!!;
  11. Óculos escuros. Dizem que se você está no exterior, nem está muito sol e você vê alguém de óculos escuros é porque é, provavelmente, brasileiro. Bom, para falar a verdade eu já testei essa teoria e isso é meio que verdade…. alias é só pegar a ponte-aérea Rio-SP e você vai ver a galera de óculos escuros dentro do avião, vai entender. Eu pessoalmente sempre tenho óculos escuros à mão para proteger a minha vista da claridade;
  12. Cachecol. Ou algo para proteger o pescoço no caso de muito frio;
  13. Toalha. Para economizar espaço, uma daquelas toalhas de microfibra que secam mais rápido e são compactas…..ou pega a da sua mãe mesmo…. 

  • Utensílios de toalete:

Ser querer ser sexista mas nesse aspecto a diferença entre homens e mulheres é mais gritante ainda do que quanto às roupas. Então eu vou dizer mais o que eu, como homem, gosto de levar. Lembrando-se que a ideia é ser minimalista sem afetar a higiene pessoal. Sei que algumas coisas dessa lista pareceram óbvias mas pelo que já me pediram emprestado durante minhas viagens, relembrar nunca é demais. 

  1. Shampoo. O ideal é que você tenha aqueles pequenos como de hotel. Senão você pode comprar esses tubinhos vazios e encher alguns com o shampoo de casa, e você sempre pode comprar mais se precisar. Você não vai querer carregar um mega tubo de shampoo de 750 ml durante toda a sua viagem;
  2. Sabão líquido. Mesmo esquema do shampoo e muito mais fácil de levar do que um pedaço de sabão todo molhado;
  3. Desodorante….por favor!!
  4. Pasta e escova de dente. Se o tubo de pasta for daqueles pequenos também ajuda;
  5. Cortador de unha. Emprestar ou pedir emprestado cortador de unhas é um assunto um pouco controverso, melhor ter o seu;
  6. Um punhado de cotonete para quem se importa;
  7. Protetor solar, essencial se você for para a praia;
  8. Protetor solar, essencial se você for para a montanha;
  9. Protetor solar, essencial se você for para Austrália e também para todos os dias da sua vida;
  10. Protetor labial, indispensável se você for para o frio;
  11. Perfume. Não necessariamente um item obrigatório se você vai fazer a travessia do Saara, mas dá de ter uma balada por lá…;
  12. Talco de pé. Uma boa se você pretende usar a mesma bota por 4 meses e ao mesmo tempo não quer matar os seus companheiros de quarto;
  13. Gilete e creme de barbear;
  14. Pinça. Serve para tirar espinho da pele, lasca de madeira do dedo, puxar aquele cordão que ficou dentro do shorts ou fazer a sobrancelha para quem é adepto!! 
  15. Preservativos. Traga se você está se sentindo otimista…é melhor prevenir do que remediar.

DICA: Para tudo que é líquido na lista acima, tente colocar em um saco plástico fechado assim suas roupas não ficaram ensopadas de shampoo caso ele estore dentro da mala durante a viagem. 

 

  • Primeiros socorros, remédios e vacinas: 

Esses itens vão depender também se você pretende mochilar por cidades ou qualquer outro lugar que a farmácia mais próxima esteja a alguns muitos quilômetros de distância como montanhas,  acampando no campo, praia, floresta e por onde for. Porém, existem alguns utensílios que eu levo sempre: 

  1. Band-aid. Sempre bom….;
  2. Eu não sou muito de tomar remédio, então nem sei o que levar. Talvez algo para dor de cabeça (caso daquela ressaca) e algo para proteger e refazer a flora intestinal no caso de você ter dado azar naquela barraquinha de rua. Alias um dos maiores causadores de “dias na cama” de todo viajante, é a infeção intestinal, vulgo caganeira!!;
  3. O que eu sempre levo e aconselho são vitaminas!! Mochilar é algo que demanda muito do corpo, você dorme mal, muitas vezes no ônibus, aeroporto, chão, faz festa, nem sempre come adequadamente, anda um monte com peso nas costas etc… Por isso exigimos demais do nosso organismo o que leva à baixa imunidade e consequentemente nos deixando mais suscetíveis a doenças. Para tentar evitar essa baixa nas defesas do corpo eu sempre mochilo com um multivitamínico mais vitamina C, que dão uma bela fortalecida no corpo e evita que você passe um dia maravilhoso de praia na cama, ou pior, perca aquela excursão que você já tinha pago;
  4. Spray Anti-mosquito. Indispensável em áreas tropicais onde Malária e outras doenças transmitidas por mosquitos podem estar presentes;
  5. Remédio para enjoo. Normalmente eu não uso mas sei que muita gente fica enjoada em passeios de barco e navio que invariavelmente podem ocorrer na sua viagem. Inclusive sendo útil para viagens de carro, ônibus ou trem em estradas sinuosas, ou até avião;
  6. Vaselina. Ou algum creme para passar em áreas do corpo quando dá aquela “assada” de tanto andar;
  7. Se você estiver tomando qualquer tipo de medicação, não deixe de conversar com seu médico para obter um suprimento necessário para cobrir toda a sua viagem, pois pode ser complicado para obter prescrições preenchidas em farmácias estrangeiras.

Se você for fazer mochilão em áreas longe de cidades como no campo, floresta, montanhas etc…um bom kit de primeiros socorros é imprescindível. Existem kits prontos que você pode levar ou você pode fazer o seu próprio de acordo com as necessidades específicas de onde você for. 

 

  • Vacinas: 

Diferentes países pedem diferentes vacinas. O que eu sempre tenho grampeado no meu passaporte é o comprovante de vacina contra febre amarela. Normalmente é essa que tem mais probabilidade de ser exigida por alguns agentes de imigração pelo mundo. Ela vale por 10 anos e você pode tomar essa vacina de graça em qualquer posto de saúde (eu tomei a minha nas Clínicas em SP). Se você vai para região de floresta tropical, principalmente América do Sul ou África é uma excelente ideia levar pílulas para malária. Elas não são 100% efetivas mas podem ser de boa ajuda. Lembrando que elas podem dar uns efeitos colaterais meio estranhos. Verifique com o seu médico ou posto de saúde mais próximo. Além disso, usar spray anti-mosquito no corpo todo, manga comprida na floresta ou depois do cair da tarde e dormir com mosquiteiro na cama. 

DICA 2: Verifique se na cidade onde você mora não há uma espécie de Ambulatório do Viajante. Basicamente você passa por uma pequena entrevista para saber mais sobre como e onde será a sua viagem, seu estado de saúde e as vacinas que você já tomou. Baseados nessa informação eles farão uma apresentação sobre cuidados com a saúde durante a viagem, vão se encarregar de aplicar todas as vacinas que estão te faltando e fornecer prescrição de alguns medicamentos úteis para você levar durantes a sua viagem. Em geral, esse serviço é gratuito. Para obter mais informação sobre o Ambulatório do Viajante de São Paulo, verifique o site: http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=81075 Não sei exatamente que outras cidades têm essas mesmas facilidades, mas sei, por exemplo, que algumas Universidades no Brasil e no exterior prestam esse mesmo serviço. 

  • Diversos: 
  1. Máquina fotográfica!! Item número um de todo viajante. Mas não se esqueça do cabo para recarregar a bateria e memória suficiente para toda a viagem.;
  2. Laptop. Em algumas viagens eu levo meu laptop. É muito prático para fazer reservas em albergues, procurar informação sobre transporte, ficar em contato com a família, poder se atualizar sobre o mundo, ver um filme à noite para relaxar, etc… Atualmente quase todo albergue do mundo tem rede Wi-Fi grátis e você pode usar o seu laptop quanto tempo quiser. Se você preferir não trazer porque quer se desconectar um pouco do mundo, você pode tentar usar o computador dos albergues. Porém não é sempre que você encontrará albergues com computadores disponíveis. Acontece muitas vezes de ter uma fila gigantesca para quem quer usar, serem antigos demais, não terem os programas que você precisa ou simplesmente estarem quebrados. A alternativa é ir a uma internet café mas pode ser difícial de achar (quase impossível como em alguns lugares dos EUA) e se você estiver em um país em que tudo é oneroso a conta pode ficar alta, fora a falta de comodidade;Arrumar mochila
  3. Adaptador de tomada universal. Muito útil em uma viagem de volta ao mundo onde você encontra diferentes formatos de tomada em cada região. Para evitar ficar levando um monte de cabos e tomadas diferentes eu levo três componentes que resolvem 99% das minhas necessidades de carregadores de energia para celular, Pads, câmera, Ipod e tudo mais o que você possa imaginar. O kit é composto de um adaptador de tomada universal, um adaptador para conectar USB na tomada e um multi cabo com vários tipos de entradas de diferentes componentes e marcas. Sendo assim, faça chuva ou faça sol, você poderá carregar quase que qualquer equipamento eletrônico portátil, inclusive podendo ajudar outros viajantes que não tiveram o mesmo preparo que você. Você pode encontrar esses adaptadores e cabos na Amazon nesses link / link. Se eles não entregarem no Brasil, procure por outros disponíveis na Amazon que talvez eles entreguem. Há também a possibilidade de compra-los no Ebay (adaptador e cabos) ou na REI (somente adaptador). Novamente, verifique se entregam no Brasil.
  4. Pen drive / memory stick. Serve para armazenar o excesso de fotos da sua máquina, como um backup no caso de perda da sua máquina ou copiar fotos suas de outras pessoas que você conheceu na viagem e tiraram fotos juntos. Atenção não faça como o babaca aqui que ficou usando o pen drive dele em várias diferentes casas de internet no Peru até que acabei esquecendo em uma delas e perdi um monte de foto de Machu Picchu e da floresta Amazonica (e ainda tive que aguentar a namorada p da vida comigo);
  5. Ipod / MP3 e cabo. Lembre-se, quanto menos aparatos eletrônicos mais leve você viajará e menor será o prejuízo em caso de perda ou roubo;
  6. Relógio com despertador. Ou algo que te acorde para você não perder aquele trem ou a aquela excursão;
  7. Celular e carregador. Algumas operadoras têm planos para que você possa utilizar o seu celular no exterior. Fique atento e se informe com a operadora, pois se você ficar usando roaming ou o 3G no exterior poderá ter uma desagradável surpresa quando voltar para casa ao ver a sua conta telefônica. Pessoalmente eu não levo telefone por causa do custo e Skype é suficiente para mim;
  8. Garrafa para água. Como eu comentei na página de Como economizar na comida e bebida é uma boa ideia levar umas dessas garrafas reutilizáveis para água que normalmente são de plástico ou alumínio. Assim você poderá se abastecer com água de torneira ou fontes sempre que ela for potável. Dessa forma você não fica gastando dinheiro comprando água na rua além de ajudar a salvar o planeta consumindo menos plástico;
  9. Protetor de olho para dormir. Principalmente se você fez festa até às 6 da manhã e vai dormir em um albergue onde cortina na janela do quarto é uma coisa que não existe;
  10. Protetor de ouvido. Importante caso você seja o único do seu quarto querendo dormir mais cedo enquanto a festa ainda só está começando;
  11. Caneta e um pequeno caderno. Conveniente para fazer anotações sobre informações gerais da viagem. Como eu mostrei na minha página sobre como organizar acomodação eu prefiro tirar fotos dos meus códigos de reserva e mapas para não precisar escrever….coisa de preguiçoso. Algumas pessoas também gostam de levar cadernos para fazer uma espécie de diário de viagem;
  12. Livro ou revista. Precisa?? Depois de passar 17 horas em um ônibus você vai entender porque precisa. Ou, se você lê muito e um livro não vai ser suficiente, a minha namorada é uma grande fã de Kindles e eReaders, assim ela pode ter um monte de livros para a viagem toda em apenas um aparelho. Alguns albergue também têm livros disponíveis para troca. Você chega com o que você já leu e sai com um outro da coleção deles;
  13. Passaporte e cópia. Faça cópias da página principal e dos vistos relevantes e guarde em um lugar diferente de onde você carrega o seu passaporte original. Ou, digitalize o passaporte e vistos e mande para o seu próprio email, assim você poderá imprimi-los em qualquer lugar em caso de perda. 
  14. Carteira de habilitação e cópia. Muita gente não sabe que, de acordo com a Convenção de Viena sobre Trânsito Viário, a CNH Brasileira é valida por até 180 dias em países signatários da mesma convenção. Eu já usei a minha CNH em diversos países, fui parado pela polícia e nunca tive problemas. Você só precisa ter a CNH e o passaporte em mãos, mas caso você queira estar mais garantido, você pode tirar a PID, Permissão Internacional para Dirigir. É um processo que demora algum tempo e deve ser feito diretamente no DETRAN da sua região. Verifique nas respectivas páginas de internet. Você não precisa de despachante ou pagar alguma empresa para consegui-la. Para verificar a lista dos países signatários da Convenção de Viena dê uma olhada nesse link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Permiss%C3%A3o_internacional_para_dirigir  ;
  15. Carteira com cartões. Eu analiso melhor essa parte em Como trocar dinheiro para viajar, mas se você tiver cartões de crédito eles são sempre uma boa garantia no caso de emergências. Tendo mais de um, deixe-os em lugares separados para o caso de perda ou roubo da carteira;
  16. Cinto para dinheiro. Para dizer a verdade eu nunca uso, pois sempre tenho a minha mochila pequena ou um saco-mochila comigo. Mas sei que, por segurança, muita gente usa e pode ser útil. Você pode encontrar esses cintos na Amazon nesse link. Se eles não entregarem no Brasil, procure por outros cintos disponíveis na Amazon que talvez eles entreguem. O Ebay também é uma alternativa, assim como cinto de dinheiro no REI que entrega no Brasil;Viagem: Como Preparar a sua Mala ou Mochila
  17. Cartão ou número de seguro de viagem. Verificar a página sobre Como contratar seguro de viagem para obter mais informação. Nela eu dou 5 dicas e os 3 melhores e mais baratos seguros de viagem do mercado!!
  18. Álcool desinfetante em gel. Dependendo do seu destino e das condições higiênicas do local ele pode te salvar de uma boa infecção intestinal ou algo pior;Viagem: Como Preparar a sua Mala ou Mochila
  19. Canivete tipo Suíço. Para os MacGyver’s da vida. É sempre bom ter um canivete desses para cortar algo, sacar a rolha do vinho, ou qualquer outra coisa que lhe possa servir. Só não se esqueça de despachar com a mala que vai no porão do avião. De forma alguma você vai conseguir viajar com ele na sua mala de mão;
  20. Papel higiênico. Importantíssimo!!! Acreditem, existem muitos lugares onde papel higiênico é uma raridade. Em vários países como na Turquia, Norte da África ou Oriente Médio não é costume usar o papel higiênico mas sim uma mangueirinha e bom….a mão mesmo. Então não vai ser em todo banheiro que você achará papel higiênico. Isso é melhor do que em países onde não há a tal da mangueirinha e também não colocam papel higiênico no banheiro para evitar que ele seja roubado. Eu estive viajando há pouco tempo pela América do Sul e mesmo em alguns lugares considerados “bons” como shoppings e aeroportos eu tinha dificuldade em achar papel higiênico. Ainda mais importante para as mulheres!! Também nunca se sabe quando aquela coxinha que você comeu no lugar errado vai “bater à sua porta”. Leia mais no meu post Surpresas desagradáveis que acontecem quando você não está viajando com papel higiênico em mãos. em diversos países. Além disso, alguns lugares que cobram por banheiro, podem cobrar extra se você quiser um pouco de papel higiênico;Viagem: Como Preparar a sua Mala ou Mochila
  21. Agenda. Eu ainda sou “velha guarda” em outras palavras, antiquado quando no que se refere a agendas. Hoje em dia muita gente tem a agenda no celular ou computador. Eu ainda prefiro usar a de papel onde posso rabiscar tudo e me encontrar na minha bagunça;
  22. Cadeado de código. Se você está fazendo mochilão e dormindo em albergues você precisará de um. Isso porque muitos albergues possuem uma espécie de mini-armário com tranca para que você coloque os seus pertences mais valiosos. Em alguns albergues esse armário é tão grande que cabe até o sua mochila maior. O problema é que, em geral, esses armários não têm cadeado e se você não tiver o seu próprio terá que pagar o albergue para usar o deles ou comprar um. E eu prefiro cadeado de código porque acho mais prático do que ficar viajando com uma chavinha por aí. A chance de você perder é grande e depois você terá que mover montanhas para pegar os seus pertences que estão dentro do armário (a última coisa que você quer fazer se estiver atrasado para pegar um trem). Não beba demais senão até o código você esquece!!
  23. Cadeado TSA. Se você está viajando com uma mala de rodinhas ou com aquelas redes metálicas para mochilas e quer trancar a sua mala durante o voo, você precisará também de um cadeado especial para isso. Ele deve ser apto a ser aberto pela alfândega dos aeroportos, especialmente se você estiver passando pelos EUA. Existem cadeados com acesso para uma chave mestra que só o pessoal da alfândega possui. Aí eles podem abrir a sua mala, verificar o que há dentro e fechar novamente. Senão eles estouram o cadeado e nem pedem desculpas…..acreditem em mim…. Eles chamam esses cadeados de TSA aproved locks. Cadeado aprovados pela TSA (Administração de segurança de viagens dos EUA). Você pode encontrar esses cadeados na Amazon nesse link. Se eles não entregarem no Brasil, procure por outros TSA disponíveis na Amazon que talvez eles entreguem. Também pode compra-lo no Ebay aqui ou REI aqui. Você deve procurar pelos símbolos abaixo:

Cadeado TSA - Viagem: Como Preparar a sua Mala ou Mochila

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E a aquela rede metálica para a sua mochila que eu mencionei.

Viagem: Como Preparar a sua Mala ou Mochila

Um dos meus leitores comentou que era difícil de achar essa rede metálica para comprar. Sendo assim, eu pesquisei e encontrei para vender na Amazon dos Estados Unidos e quando tentei comprar, parecia que entregava no Brasil sem problemas. É só clicar no link dos diferentes tamanhos para acessar a página de compra. Há três diferentes tamanhos dependendo do tamanho da sua mochila, 55 Litros, 85 Litros120 Litros. Desculpem, a página está em Inglês, mas podem utilizar o tradutor do Google Chrome que funciona bem. Dá para comprar essa rede metálica também no Ebay (55 L, 85 L ou 120 L) e no REI também (55 L, 85 L ou 120 L), entregando no Brasil!!

Uma última dica se você é uma pessoa mais organizada do que eu, tente colocar suas roupas separadas em saquinhos Ziploc ou em pequenas malinhas chamadas Packing Cubes. Dá para adquiri-los na Amazon aqui, Ebay aqui ou REI aqui. Normalmente, entregam no Brasil.packing cubes

É uma boa forma de manter tudo organizado em quites de camiseta, meias, objetos de toalete e por aí vai. Além do que, se estiver chovendo e você não tiver uma capa de chuva externa para sua mochila, as suas roupas não ficaram encharcadas.

É isso aí, espero que eu tenha ajudado. Como eu falei, arrumar a mala é uma coisa muito pessoal mas é bom fazer uma lista para não se esquecer de nada. Eu também não vou fingir que eu sei alguma coisa sobre o inferno (de acordo com a minha namorada), que é arrumar malas para as meninas, então ela vai estar escrevendo um artigo só para elas no futuro. Escreva-me se você tem mais alguma dica de como preparar a sua mala de viagem.  Estou disponível para qualquer outra dúvida que você tenha a respeito dessa página, arrumação de malas e viagens em geral. É só usar a área de comentários. Não se preocupe, se você tem medo de perguntar ou acha que eu vou ficar te mandando um monte de email, pois você não precisa se identificar ou colocar seu email para comentar.  

Sacola de compressão para viagens

 

Adendo: A leitora Cristiene sugeriu em um comentário aquelas embalagens que comprimem roupas para usar caso você tenha casacos muito grossos ou muita roupa e queira que tudo caiba na mala. Para compra-las, é só ir nesse link do Ebay que a pesquisa já está feita. Obrigado pela dica Cristiene!

 

 

Boas viagens!!

 

Para saber sobre as minhas ferramentas e aplicativos de viagem favoritos que me permitem viajar tanto e a um custo tão baixo, dê uma olhada na minha página especial sobre “81 Ferramentas e Aplicativos de Viagem.”

Se você quiser saber mais sobre novos artigos, conferir nossas últimas fotos, e ler sobre novidades, é só nos seguir aqui…

Facebook Icon  Instagram Icon  Twitter Icon  Google Plus Icon  Youtube Icon

….e cadastre-se abaixo para receber o nosso informativo:

Related Post from this Blog

10 Responses

  1. Richard
    Richard at |

    Boas dicas!!! Cara, onde posso encontrar esta tela de aço para a mochila? Não consigo encontrar emblugar nenhum!!! Agradeço se puder responder. Abraço!

    Reply
  2. pedro
    pedro at |

    haha muito bom o texto! valeu!

    Reply
  3. Carol
    Carol at |

    Mto bom o texto! Sua namorada já fez o post para meninas?

    Reply
    1. Nikki @ OutofYourComfortZone
      Nikki @ OutofYourComfortZone at |

      Oi Carol,

      Tudo bem? Aqui é a Nikki, obrigado pelo comentário e por me mencionar. 😉 Desculpe, eu ainda não escrevi esse artigo mas ele já está na lista para os próximos.

      Para saber quando ele vai estar pronto, por favor cadastre-a no nosso informativo à direita ou siga-nos no Facebook. Mas por agora, se você tem alguma pergunta especifica para meninas, você pode perguntar aqui que e eu posso tentar de ajudar!

      Reply
  4. Duda Muniz (@tofudidaaa)
    Duda Muniz (@tofudidaaa) at |

    hahaha tbm nao ligo muito pra roupa, sou bem básica. não é toda mulher que tem essa neura com roupa. valeu pelas dicas, to organizando uma cicloviagem, e elas foram de grande ajuda 😉

    Reply
  5. cristienemendonca
    cristienemendonca at |

    Muito bom o texto! Anotei várias dicas.
    Obrigada por compartilhar!
    Ah, acho que para separar as roupas também vale a pena aquelas embalagens que comprimem as roupas. Eu, por exemplo, vou viajar para um lugar frio e depois para outro bem quente (Oceania e Ásia), então acho que vou precisar, pois os casacos ocupam muito volume no mochilão.

    Reply

Deixe uma resposta

Real Time Web Analytics