Dicas para Viajar com Segurança: Conselhos em 11 Itens e Várias Dicas

Como eu já disse antes, se você está viajando e botando a sua cara no mundo existe uma chance de que coisas ruins e desagradáveis possam ocorrer. O mundo pode ser um lugar muito perigoso, complicado e desafiante….principalmente se você é um forasteiro em um desses lugares. Além disso, há pessoas nesse mundo que acordam todos os dias pela manhã com o único intuito de fuder a vida de turistas ou viajantes (desculpem o palavreado mas não achei nada mais adequado).

Então a minha ideia aqui é dar dicas de como evitar ao máximo esses percalços durante a sua viagem.

Pode ter certeza, se você cair de cabeça nesse mundão, mais dia menos dia alguma coisa de ruim (séria ou não) vai acontecer. Afinal, isso é apenas um dos riscos que você toma ao viajar e colocar-se em lugares desconhecidos. Porém, mesmo prometendo a você que as boas experiências que você terá durante a viagem superarãp em muito qualquer mau que você possa ter, nunca é demais se preparar lendo as dicas a seguir e tomar precauções contra os piores cenários.

 

Cabo Norte Nova Zelândia

E como eu também já mencionei, se você quer realmente evitar 100% qualquer coisa desagradável é melhor ficar em casa assistindo televisão. Se você viaja pelo mundo estará pré-disposto a aceitar esses riscos. Bom, no meu caso como cresci em São Paulo no Brasil, acho que nem em casa assistindo televisão é seguro hoje em dia.

Além disso, tenha em mente que o tipo de ameaças que podem surgir vão depender de onde você está indo. Afinal, é muito mais provável de você ser assaltado com uma arma na América do Sul do que na Europa Ocidental. Da mesma forma, uma viajante mulhere solo pode se sentir mais ameaçada no Oriente Médio do que no Canadá.

 

Em que partes da minha viagem devo me preocupar com segurança?? 

Existem várias áreas e partes de uma viagem que demandam atenção e preparo. Vou explicar uma a uma aqui. 

 

Seguro de viagem

 

Seguro e assistência de viagens tem que ser um item obrigatório em qualquer viagem. Eu mesmo não viajo sem ter adquirido seguro de viagem. Eu falo mais a fundo sobre esse assunto e também dou os 3 melhores e mais baratos seguros de viagem do mercado na minha página como contratar um seguro de viagem; 

 

Dinheiro

 

Sem dinheiro não há viagem. Então cuidado para não perdê-lo.  Algumas dicas básicas e até repetitivas para quem mora em grandes cidades mas que nunca são demais de lembrar:

  1. Não colocar carteira no bolso de trás nem em bolso da frente de calça social ou relaxada;
  2. Se você não estiver com uma mochila ou bolsa, pode usar um cinto de dinheiro durante as suas andanças como o da foto. Você pode encontrar esse cinto para vender na Amazon usando esse link. Ou no Ebay aqui ou na REI aqui. Normalmente eles entregam no Brasil.; Cinto de dinheiro - Dicas para Viajar ou Mochilar com Segurança
  3. Nunca sair com todo o dinheiro na rua. Deixe a maior parte em sua mala ou armário trancado no albergue (bons albergues sempre têm no mínimo pequenos armários para trancar as suas coisas;
  4. Se você leu meu artigo sobre como levar dinheiro para viajar e concluiu também que cartão de crédito é a melhor forma de se obter dinheiro no exterior, no caso de perda ou roubo do mesmo, peça um novo ao seu banco. Quando o cartão chegar à sua residência é só pedir para a sua família enviar para você no exterior via correio (atenção, enviar sem desbloquear!!);
  5. Atenção com notas falsas. Informe-se se no país onde você está se isso é comum. Caso positivo, vá a um banco e peça para eles te ensinarem a verificar como uma nota é verdadeira ou não. Já fiz várias vezes isso e eles são sempre muito atenciosos;
  6. Recuse-se a receber troco em dinheiro rasgado e reparado com durex. Tem lugar que os comerciantes não aceitam e conseguir trocar depois essa nota danificada em banco pode ser uma dor de cabeça;
  7. Troco em moeda de outro país. Ok, tenho que confessar que caí nesse golpe uma vez. Estava em Dubrovnik  na Croácia em uma balada comprando bebida e me deram o troco normalmente. No dia seguinte quando fui usar uma das notas me falaram que aquela nota era da Sérvia. Era do mesmo valor, mesma cor e muito parecida com a da Croácia. Só que a da Croácia valia uns 5 dólares e a da Sérvia valia uns 15 centavos de dólar. Prejuízo pequeno pela lição que aprendi. 

 

Mala ou Mochila

 

Na minha página como preparar a sua mala ou mochila, eu já dou algumas dicas mas vamos lá novamente:

  1. Nunca deixe nada na sua mala grande que seja essencial para a continuidade de sua viagem. Essa mala vai ficar várias vezes longe de você durante a viagem. Se você perdê-la ou for roubado deve ter a capacidade de continuar a sua viagem sem grande stress. Mas se o seu dinheiro, passaporte, cartões e computador novinho estiverem lá a sua viagem vai se tornar um pesadelo!!;
  2. Para malas de rodinha, tipo suitcase, usar um cadeado aprovado pela TSA (ou a alfandega dos EUA vai quebrar o seu cadeado). Você pode encontrar esse cadeado para comprar na Amazon usando esse link. No Ebay aqui ou na REI aqui. Normalmente eles entregam no Brasil. Cadeado TSA - Dicas para Viajar ou Mochilar com Segurança
  3. Se você quiser plastificar com aquele pessoal do aeroporto beleza. É uma segurança a mais. Eu nunca utilizei mas uma vez tentarem colocar drogas na bagagem do meu avô!! Plastificar evitaria tal problema….;
  4. Se você for mochilar e usa mochilas grandes do tipo de trilha, são poucas as que têm um sistema de tranca com cadeado. A minha não tem e nunca tive problemas. Como já mencionei na página como preparar a sua mala ou mochila, existe uma rede metálica que cobre toda a mochila e pode ser trancada com cadeado. O link e imagem estão aqui
  5. Cuidado com suas malas em estações de trem, ônibus e portos pelo mundo. Em geral a segurança é menor do que em aeroportos. Já soube uma vez de um grupo de turistas na Itália que foi comprar algo fora da rodoviária e deixaram uma só pessoa tomando conta de umas 10 malas. Veio uma gangue de pivetes, atacou esse cara sozinho e enquanto ele estava se defendendo de uns, os outros ficavam roubando as malas. Se você só tem as suas malas para defender fica mais fácil;
  6. Atenção também com malas durante viagens de trem e ônibus. Há relatos de pessoas que tiveram seus pertences roubados durante viagens noturnas de trem. Caiu no sono, passageiros entram e saem e acordou sem a mala ou com a mala aberta. Vale a tática de dormir de conchinha com a mala ou a cabeça / pé sobre a mesma. Se viaja de ônibus fique de olho nas malas que vão no bagageiro. Ônibus geralmente param em diversas cidades e o bagageiro é aberto e fechado muitas vezes. Pode ser difícil manter o controle. Tem viajante que por garantia compra dois lugares no ônibus. Um para ele o outro para deixar a sua mala ao seu lado….eu nunca fiz isso mas vai aí a dica se você for muito paranoico!!;
  7. Dicas para Viajar ou Mochilar com SegurançaDicas para Viajar ou Mochilar com SegurançaAtenção com a mochila pequena do dia a dia (aquela que vai carteira, camera e outros pertences de valor). Ao contrário da sua mochila grande, não deixe ela ir no porta-malas do ônibus ou até mesmo em um compartimento superior (a menos que você tenha certeza que ficará acordado o tempo todo para vê-la) Além disso, há uma coisa que me incomoda quando vejo nos outros. Não que me afeta em nada mas eu sinto pela pessoa que o faz. Quando fechar os zíperes da sua mochila, não feche os dois para a parte de cima da mochila. Feche-os para um dos lados. Isso porque com os dois zíperes fechados para cima na mochila, essa pode se abrir sozinha simplesmente com o movimento da pessoa andando. Ou pior, se a mochila estiver nas suas costas, o ladrão poderá abri-la com o dedo mindinho e você nem vai perceber que ela abriu e suas coisas sumiram. Se os dois zíperes estiverem fechados para o lado você não correrá esse risco, é muito mais difícil. Essa tática é ainda mais importante para mochilas antigas de zíperes antiquados;
  8. Dicas para Viajar ou Mochilar com SegurançaMas mesmo com essa dica do zíper, sempre que você estiver em aglomerações, transporte público cheio ou com pessoas andando muito perto por trás de você, tire a mochila das costas e coloque na frente como se fosse um Coala com o seu bebê agarrado na barriga. Isso porque muitas mochilas têm vários zíperes e compartimentos que podem ser abertos com facilidade. Eu também já soube de turista que teve a mochila cortada com estilete e as coisas roubadas enquanto ela caminhava com a mochila nas costas. Então, não se preocupe se você parecer um turista ao fazer isto … a segurança é muito mais importante.

 

 

Pertences

 

Quando falamos de pertences normalmente mencionamos perda ou roubo. Algumas dicas são similares às do item anterior, mas acho que vale destacar situações para quando os seus pertences ficam no albergue, hotel ou casa de conhecido.

Batendo na madeira enquanto escrevo isso mas posso dizer com alívio que mesmo já tendo ficado em mais de 300 albergues pelo mundo nunca nunca tive nada roubado. Já perdi muita meia e esqueci muita toalha no banheiro, mas mesmo sempre viajando com máquina fotográfica, celular e quase sempre com computador, nunca aconteceu nada….e olha que praticamente só fico em dormitórios!! Para conseguir essa façanha, aí vão algumas dicas:

  1. Cadeado. Sempre viajo com um cadeado de código. Isso porque quase todos os albergues em que já estive sempre há um espécie de armário que pode ser trancado com cadeado onde você pode deixar a sua mochila e dentro dela todos os seus itens valiosos como câmeras, telefone, ipod, laptop, passaportes, dinheiro, cartões etc. Por isso é bom sempre viajar com um cadeado, melhor se for de código para não ficar se preocupando com a chavinha;
  2. Se esse armário não existir o que é raríssimo, saio com todos os meus pertences valiosos quando vou para rua e tomo cuidado para não ser roubado. Ou coloco tudo no fundo da mochila grande que vai ficar no quarto e a fecho (só não faz isso na frente da galera). Se alguém for roubar as suas coisas ele (a) terá que vasculhar sua mala por um tempo e correr o risco de ser pego, o que minimiza a possibilidade de roubo. Na hora de dormir coloco a mochila pequena com os meus pertences valiosos embaixo do lençol e durmo de conchinha com a minha mochila ;Oração
  3. Na verdade não há muitos albergues com um armário suficientemente grande para colocar a sua mochila maior. Se você quer ter certeza que ninguém vai mexer nela, aquele esquema da rede metálica mencionado acima é uma boa opção;
  4. Não descuide de suas coisas nem por um minuto. Se você está usando o seu computador no quarto e vai ao banheiro, leve ele com você ou tranque no armário. Pode parecer paranoico mas é melhor prevenir do que remediar;
  5. Se você está fazendo couchsurfing o risco de roubo é menor pois a pessoa sabe que você mencionará o incidente na página dela. Mas lembre-se de que há muitos perfis falsos. E o risco pode ser ao contrário também. Você pode receber alguém no seu sofá e essa pessoa roubar as coisas na sua casa. Já ouvi de um caso que o pilantra roubou o cofrinho de moedas do casal que o hospedava de graça….roubar moedinha é sacanagem!!;
  6. Em hotéis, até mesmo nos mais luxuosos (não que eu ache que mochileiros fiquem em um desses) é fato que ocorre roubo nos quartos e muitas vezes pelos funcionários do hotel. Para impedir roubos sei de gente que evita o serviço de arrumação de quarto. Quando saem na rua deixam a televisão ligada e o sinal de “não perturbe” na porta, assim parece que há alguém no quarto e ninguém vai bisbilhotar por lá. Além disso, quase todo quarto de hotel tem um mini cofre para os pertences mais valiosos.

 

Táxi

 

Hahaha, nem me fale. Quem já leu até o final da minha página como economizar com transporte sabe o que eu penso sobre pegar táxi então nem vou repetir. CUIDADO!!!!

 

Infecção alimentar

 

Além de ser uma boa ideia viajar com um álcool desinfetante em gel eu dou mais dicas sobre alimentos e como evitar infecção alimentar na minha página como economizar com comida e bebida durante a sua viagem.

 

Violência sexual

 

Não é segredo para ninguém sobre o grande número de casos envolvendo turistas no Egito depois da revolução ou na Índia. Mas violência sexual, principalmente contra mulheres pode acontecer em quase qualquer lugar do mundo. E existem certas atitudes que podem ser tomadas para minimizar esse risco:

  1. Se você é mulher, evite viajar sozinha em áreas de risco. Eu sei que pode parecer ridículo até porque eu já conheci um monte de mulher viajando só em regiões que muitos marmanjos evitariam e me disseram que não tiveram problema algum. Mas o risco é sempre maior do que se estivessem viajando com uma companheira ou companheiro ou até mesmo alguém que você conheceu no seu albergue;
  2. Andar à noite sozinha (o) em áreas com poucas pessoas (bom também para evitar de ser roubado(a));
  3. Em países de cultura diferente as atitudes das mulheres podem ser interpretadas de forma diversas. Se você aceita uma bebida o homem (o que no seu país pode ser normal) pode pensar que isso é um “sim” para relacionamento sexual. Se você sorri quando alguém assovia para você na rua, alguns homens pensam que têm o direito de te agarrar. A roupa que você veste também é interpretada diferentemente em região distintas. O jeito de uma menina se vestir na Austrália não pode ser o mesmo que na Arábia Saudita. Verifique online, leia guias, ou perunte para saber mais sobre os costumes locais;Nova Zelândia
  4. CUIDADO com o famoso “Boa noite Cinderela” (na verdade é a Branca de Neve e a Bela Adormecida que dormem..tsc, tsc). Para quem não conhece esse golpe ele funciona da seguinte forma: alguém coloca drogas na sua bebida (até mesmo o cara do bar pago por alguém) o que te entorpece, te levam para alguma casa ou motel e você terá sorte se só perder a carteira. No dia seguinte acordará em um lugar estranho sem se lembrar de nada. Vale para homens e mulheres. Há mesmo regiões onde esse golpe é aplicado em homens por mulheres atraentes.Evite bebidas de estranhos na balada. Peça bebida fechada ou fique de olho enquanto preparam o seu drink. Mulher turista sozinha é sempre o maior alvo desse tipo de golpe então é melhor ir com amigos para eles tomarem conta de você;
  5. Atenção com viagens noturnas de trem e ônibus em países de segurança questionável. Tente por exemplo não se sentar em uma cabine de trem completamente sozinho (a). Dê preferência para sentar junto a famílias e pessoas de idade. Recentemente conheci uma garota que estava viajando sozinha e me disse que, depois de ver que só havia ela um cara meio estranho em seu compartimento no trem, ela optou por dormir no chão do vagão com as bicicletas ao invés de ficar em uma situação que a fazia se sentir desconfortável. Nunca é demais precaver;
  6. Já comentei sobre homens assoviando para mulheres na rua. Dificilmente você verá isso na Escandinávia, agora já na América Latina, principalmente se percebem que você não é local….então esteja preparada para lidar com o assédio;
  7.  Talvez o mais importante (pelo menos, de acordo com as mulheres com quem conversei), vá com seu instinto. Se há algo naquela situação que não faz você se sentir bem (seja ela a pessoa ou o lugar), saia. E rápido. Não tenha medo de parecer rude, dizendo “não”, apenas ignorando as pessoas, ou, como minha namorada diz, colocando em sua melhor “cara de mau” para que as pessoas te deixem sozinha.

 

Polícia corrupta / outras autoridades (incluindo imigração, etc)

 

Algo muito comum em nossa Terra Brasilis, mas também há em “quase” todo lugar do mundo, porém, muito mais frequente em países em desenvolvimento. Para tentar diminuir o prejuízo:

  1. Não saia oferecendo propina à polícia para te livrar a barra durante a sua viagem. Isso é ilegal e dá cadeia na maioria dos países!! Certifique-se de que é o que eles realmente querem, antes de começar a empurrar o dinheiro no rosto deles….geralmente, eles vão dizer algo que deixa claro que é isso que eles querem. Embora, às vezes, eles não sejam muito claros e aí você tem que sentir a situação. A mãe de um dos meus amigos me disse uma vez, quando ela estava em algum lugar na América do Sul, um funcionário da alfândega continuava dizendo a ela que havia algum problema com seu passaporte e “oh, ele realmente gostaria de um pouco de chocolate” e “eu preciso de algum de chocolate agora” e chocolate para aqui, chocolate para lá. Ela estava muito confusa, até que ele, parecendo frustrado, chamou outro oficial para trazê-la para uma sala e interroga-la por mais de uma hora. Mais tarde, ela percebeu que ele estava usando a palavra “chocolate” como uma espécie de palavra de código para dinheiro … em outras palavras, ele estava pedindo um suborno. No entanto, embora em situações como esta você não tenha escolha, tente evitá-los, se possível…Pagar suborno deve ser o último recurso para lugares onde vale a lei da selva;
  2. Evite dar razão ao policial corrupto. Se você não está fazendo absolutamente NADA de errado dificilmente ele vai atrás de você. Ele preferirá o outro turista que pisou na grama, tem um baseado, bebeu na rua, estava acima do limite de velocidade, não parou para pedestres, jogou papel no chão ou qualquer outra motivo que ele ache para enquadra-lo;
  3. Se o contato com o policial corrupto ocorreu, avalie a situação. Se você está no Canadá você pode até ameaçá-lo de denúncia e ele é capaz de recuar. Se você está na periferia do Rio de Janeiro faça o que ele manda senão a coisa pode ficar preta…vide o Amarildo. Eu já tive amigo que é bam bam bam na justiça em São Paulo que estava na Ucrânia bebendo na rua como todo mundo mas a policia foi atrás dele porque era turista. Mesmo sendo “poderoso” no Brasil é melhor não discutir com policial Ucraniano, então ele teve que deixar um cafezinho, ou melhor, uma vodkinha para aliviar a barra. Eu mesmo já fui pego no México por policial corrupto. Segundo ele eu estava rápido demais com a moto, o que eu não acredito. Mas eu tinha que voltar ao cruzeiro que eu estava fazendo e se eu fosse para delegacia com certeza perderia o navio. Tive que “pagar a multa” em loco;
  4. Separe o seu dinheiro. Um pouco na carteira e o resto na mochila. Tente não carregar muito dinheiro com você. O policial corrupto tentará esvaziar a sua carteira. Quanto menos dinheiro disponível, melhor. Isso funcionou para mim, na situação acima no México porque, embora ele inicialmente tivesse pedido cerca de US$ 50, eu tinha apenas  US$ 10 comigo então isso foi tudo que ele me fez pagar;
  5. Confie mais na polícia turística do que o policial comum. Em muitos países (especialmente onde há muito turismo) existe esse tipo de polícia especial para turista a fim de protegê-los e evitar a sua extorsão por policiais corruptos. Se for parado por um policial normal tente exigir ser atendido pela policia turística. 

 

Golpe de rua

 

Existem inúmeros golpes de rua em que até as pessoas do local são enganadas. Alguns muito bem formulados como o das 3 conchas e a bolinha onde muitas das pessoas que jogam estão mancomunadas com o dono da barraca. Outros simples como na Itália onde eles te mostram uma pulseirinha e colocam no seu pulso para você experimentar mas para tirar é só cortando e eles vão exigir dinheiro para isso.

Como regra geral, atenção com as pessoas que vêm conversar com você na rua pedindo dinheiro, seja lá para o que for. Sei lá quantas vezes em vários lugares do mundo me pediram dinheiro para uma certa garotinha que está com câncer. A ideia, a estória, o papel de assinatura, tudo é tão igual tanto nas ruas de Lima quanto nas ruas de Bucareste que não dá para ser verdade.

Há pessoas que mesmo sem você ter pedido ajuda, do nada querem te ajudar porque você é um turista e depois te cobrar por isso.

Ou contar uma história horrenda de que foi assaltado e precisa de dinheiro para ligar para casa. Infelizmente é triste que nos dias de hoje talvez não ajudemos a um desconhecido por acharmos que seja um golpe. E provavelmente algum dia vamos precisar de ajuda e ninguém vai nos auxiliar por achar que estamos dando golpe. Vai da sua habilidade em avaliar a pessoa e a situação e se você confia nela ou não. Mas não seja bobo e inocente. Talvez no seu país todos sejam bonzinhos, porém no mundo está cheio de gente mal intencionada.

Nova Zelândia

Obviamente há muitas Organizações Não Governamentais como o Greenpeace ou Médicos sem Fronteiras que têm voluntários pedindo doação na rua. Aí vai de cada um. Lembrando que essas pessoas também podem estar fingindo que trabalham para essas organizações, então cuidado!!

 

Bom demais para ser verdade

 

Como dizem, se um negócio é bom demais para ser verdade é porque provavelmente não é verdade. Tome cuidado com tours, passagens, hotéis via internet e qualquer outra “promoção” onde o preço esteja muito abaixo da média do que você estava pesquisando.

É notória a presença no mercado de falsos vouchers de viagem ou excursões. E na hora de redimi-lo junto ao operador você terá a desagradável surpresa de saber que foi enganado. Recentemente eu encontrei alguém que, enquanto em Londres, encontrou alguém na rua vendendo ingressos para a Galeria Nacional para tentar “reduzir a fila” lá dentro. O indivíduo comprou o bilhete e, em seguida, apareceu na Galeria Nacional apenas para descobrir que era grátis…e que tinha sido enganado.

Se estiver pesquisando por excursões na rua, dê preferência a lojas físicas, assim você sabe onde voltar para reclamar em caso de problema. Não compre com alguém na rua.

Se comprar via internet, coloque no google o nome do site ou operador junto com a palavra “avaliação”ou “review” para inglês e analise se os comentários em geral são positivos ou negativos. Mesmo assim, preços para mesma excursão podem variar muito mesmo, tem que pesquisar pelas melhores ofertas. Já fiz excursões com pessoas que pagaram o dobro do que eu paguei pela mesma atividade e outras que pagaram metade!! Mas se a esmola é demais, desconfie!!

 

Pessoas de bom papo

 

Não sei outra forma de descrever isso. Mas já aconteceu mais de uma vez em albergues onde eu estava que havia aquele cara que falava muito bem, encantava a todos com as suas estórias, em um dos casos parecia que tinha muito dinheiro e foi envolvendo a todos. Com o passar do tempo ganhava a confiança de muitos só para roubar senhas de banco, pegar dinheiro emprestado e sumir. Na verdade é uma habilidade impressionante como falam e a qualidade das estórias. Nesse caso faça como eu, aproveite a onda e o que eles têm a oferecer mas mantenha o limite de não dar um centavo a eles. Não confie jamais suas coisas mais valiosas a alguém que você acabou de conhecer na estrada. É triste mas o mundo é assim. Se depois com o tempo você construir uma relação aí a coisa é diferente. Só para relato, em um dos casos o cara sumiu deixando uma mega conta de hotel de luxo para um pessoal e na outra o cara fugiu com dinheiro emprestado de um monte de gente mas foi pego depois pela polícia.

 

Golpes e roubos diversos que já presenciei nas minhas andanças por esse mundo

 

 Tirando os casos mencionados acima…

  • Uma amiga teve a carteira roubada da bolsa no metrô de Madri;
  • Uma menina teve a bolsa roubada na porta do metrô de Barcelona;
  • Um amigo teve a carteira roubada em Paris e ao delatar para a polícia percebeu que a mesma era amiga dos bandidos e ficaram rindo dele;
  • Uma amiga estava beijando um cara na balada em Bali na Indonésia e estava com a bolsa no ombro. Durante o beijo outro cara abriu a bolsa dela e roubou a câmera fotográfica;
  • Uma amiga no Peru teve uma sacola cortada com estilete e o Kindle roubado sem ela perceber;
  • Um amigo estava na sala comum do albergue usando o laptop no colo, adormeceu e acordou sem o computador;
  • Um amigo teve dinheiro roubado das malas em um resort de luxo em Cancun;
  • Colocaram droga na bebida de um amigo meu na balada em La Paz e ele acordou sem o Iphone;
  • Na verdade EU dei o dinheiro ao taxista esperando o troco, sai do carro e ele arrancou com a porta aberta. Santiago do Chile.
  • Amigos pegaram um táxi também em Santiago, ele ficou rodando um monte e a corrida saiu uma fortuna;
  • Enquanto esperava alguém em Milão na Itália vi um monte de gente caindo no golpe da pulseirinha; 
  • Uma amiga queria entrar no Vaticano, na Itália, mas a fila estava tão longa que ela sabia que não ia entrar antes que fechasse. Ela comprou um ingresso de uma barraca de rua dizendo que eles seriam capazes de cortar à frente da fila e entrar imediatamente. O “guia” trouxe o grupo até a metade da fila, colocou eles na frente de um monte de outras pessoas que também estavam esperando e depois fugiu.

 

É isso aí, você tem alguma outra dica de segurança durante viagens?? Teve problemas semelhantes durante as suas andanças pelo mundo?? Dê o seu testemunho na área de comentários ou escreva-me se tiver alguma outra dúvida. Não se preocupe, você não precisa se identificar ou colocar seu email para comentar.

Boas e seguras viagens!!

 

Está planejando a sua próxima viagem?

 

simbolo cruz vermelha Então não se esqueça de adquirir um seguro de viagem! Você não quer ficar na mão caso fique doente e ou sofra um acidente durante suas férias. Nossa página com os 3 Melhores e Mais Baratos Seguros de Viagem do Mercado pode te ajudar na escolha do melhor seguro para você além de possuir cupons de desconto para as maiores seguradoras!

 

simbolo hotel azulJá reservou o seu hotel ou albergue? Se não, o nosso artigo com Os 6 Melhores e Mais Baratos Sites para Encontrar a Sua Acomodação de Viagem pode te ajudar nesta processo. Lá você também encontrará promoções e códigos de desconto.

 

simbolo avião laranjaAinda não comprou a sua passagem aérea e quer economizar? Dê uma olhada na nossa página com 17 Dicas de Como Economizar na Passagem Aérea onde você também encontra os 4 melhores sites para comprar seus voos

 

simbolo carro azulE finalmente, vai precisar alugar um carro para sua viagem? Então com certeza a nossa página com Os 5 Melhores e Mais Baratos Sites para Comparar e Alugar Carros Pelo Mundo vai te ajudar na escolha e a economizar.

 

Para conhecer minhas outras ferramentas e aplicativos de viagem favoritos que me permitem viajar tanto e a um custo tão baixo, dê uma olhada na minha página especial sobre “81 Ferramentas e Aplicativos de Viagem.”

Se você quiser saber mais sobre novos artigos, conferir nossas últimas fotos, e ler sobre novidades, é só nos seguir aqui…

Facebook Icon  Instagram Icon  Twitter Icon  Google Plus Icon  Youtube Icon

….e cadastre-se abaixo para receber o nosso informativo:

Related Post from this Blog

4 Responses

  1. Matheus
    Matheus at |

    Foi durante minha primeira (ainda única, também) viagem internacional. Em 2014 ia nas férias escolares com meu Avô, para a Ilha da Madeira, em Portugal; ele nasceu lá. Enquanto eu pegava nossas malas grandes, ele me aguardava com as malas de mão num carrinho do aeroporto da Madeira. Mantendo a atenção em mim, por eu não conhecer o local, furtaram uma mala minha… Embora coisas que eu realmente gostasse estivessem lá (livros, caderno de diário de viagem e pen drive, etc) nada de valor (dinheiro etc) estavam lá. O que pude tirar disso foi a experiência 😀
    Ótimo post, ótimo site!

    Reply
  2. Rodrigo Torrezani
    Rodrigo Torrezani at |

    Só de lembrar meu sangue já esquenta! Cai no golpe da pulseira em Milão. O cara vem todo simpático falando uma língua que vc não conhece, aí ele te fala q vai botar no pulso pra vc ver como fica, fala q é “free” e aí depois que ele coloca, fecha a cara pra vc e te cobrar dinheiro. O mais impressionante é que vc por estar num país diferente, sem conhecer a manhas, vc acaba dando pelo medo. Acho que hj eu chamaria a polícia, n sei se daria em algo..
    O outro caso foi agora, a 2 semanas no aeroporto Ezeiza em Buenos Aires. Contratei o serviço de táxi lá (que é muito caro por sinal, recomendo utilizar transporte público e sugiro artigo sobre) aí tem um cara que faz o serviço de te levar do guichê ao seu táxi, ele tomou a frente e pegou o carrinho com as malas e foi nos guiando. Chegando no táxi ele começou a botar uma mala no bagageiro, eu peguei a outra é coloquei no carro.. aí de novo, aquele cara simpático fechou a cara e pediu dinheiro! Pqp! Eu tinha acabado de chegar, nervoso pq não entendia nada do que ele falava pq era um espanhol muito rápido, com medo de não dar e o taxista me sacaniar, tirei uma ou duas moedas de 1 real e dei. Aí o cara me fala que não aceitava moeda pq a casa de câmbio não troca. Aquele nervosismo ainda, tirei 5 reais e dei pro cara! Depois me arrependi muito pq 5 reais é muito lá! Rs. Antes fosse 5 ou 10 pesos!!

    Reply

Deixe uma resposta

Real Time Web Analytics